R. TROMPAZ

R. Trompaz, nasceu e cresceu em São Paulo. É artista visual, designer e ilustrador. Graduado em Design Gráfico pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Enquanto criança, teve o primeiro contato com as artes em um curso da Ação Comunitária do Brasil, devido ao seu empenho, ganhou uma bolsa de estudos para estudar desenho aos finais de semana no MuBE - Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia, tudo isso pouco tempo depois de iniciar o ensino fundamental. Foi o vencedor do concurso de arte realizado pela Volcom (marca californiana de roupas) no Brasil, chamado Volcom’s Sub-Mission Tour 2006/2007, na categoria Volcomiczine Contest, apresentando um fanzine feito com caneta esferográfica. Curioso e observador desde criança, encontrou a arte como o melhor meio para expressar inúmeras formas de desigualdade, as quais estão muito vivas em sua mente. R. Trompaz utiliza a arte (pintura, desenho, ilustração) como meio de expressão e crítica social, dando voz às camadas menos favorecidas, através do projeto Segregação Social Geograficamente Escancarada (SSGE).

FullSizeRender.jpg
SSGE-01 - Rtrompaz.jpg

R. Trompaz

SSGE - 01

2021 

A4

Caneta ponta de feltro sobre papel Canson 200g

SSGE-02 - Rtrompaz.jpg

R. Trompaz

SSGE - 02

2021 

A4

Caneta ponta de feltro sobre papel Canson 200g

SSGE-03 - Rtrompaz.jpg

R. Trompaz

SSGE - 03

2021 

A4

Caneta ponta de feltro sobre papel Canson 200g

SSGE - 01 _ Sobre SSGE: Trabalho pensado a partir da real indignação, com o fato da desigualdade nítida, a qual divide a população, não ser combatida com métodos eficazes por parte do poder público. Grande parte da população pobre que vive nas piores condições, reside nas periferias, ou seja, a segregação social, automaticamente é um fator geográfico na maioria dos casos. Ao invés de escrever muitas coisas sobre a segregação social, optou-se por desenhar, com intuito de deixar ainda mais claro, algo que é tão visível diante dos olhos da população, e inclusive, muito prejudicial para aqueles que realmente sentem na pele as reais consequências, justamente por viverem diariamente nas piores condições. O trabalho artístico e autoral, é definido na minha concepção, como algo escancarado, pelo estilo da linguagem gráfica. Sendo também, uma ferramenta que denuncia com poucas palavras, fortalecendo a ideia de que, mesmo sem saber ler, é possível analisar o triste cenário atual e fazer algo em prol de melhorias. Portanto, eis o nome: Segregação Social Geograficamente Escancarada.